sábado, agosto 05, 2006

Zamboni - Pai-Nosso

Do saite do Sr. José Carlos Zamboni


Pai nosso, pai do sem-fim,

Teu nome é cheio de graça.

Venha teu reino até mim,

Tua vontade se faça

Na terra como na altura.

Nunca me falte na mesa

O pão, nem quero fartura.

Perdão, se agi com vileza,

Que tenho dado o perdão

Aos que me ofendem também.

E enfim, longe do mal, não

Caia no pecado. Amém.